Saltar para o conteúdo principal da página

Portugal brilha na indústria do calçado: Segundo maior produtor europeu!

7 de Maio 2024 | Notícias

Portugal alcançou uma produção recorde de 85 milhões de pares em 2022. O presidente da APICCAPS, Luís Onofre, destaca o empenho e a inovação do setor como pilares deste sucesso.

Em 2022, Portugal alcançou um marco notável na indústria do calçado, tornando-se o segundo maior produtor na Europa, superando a vizinha Espanha. Com uma produção impressionante de 85 milhões de pares de calçado, as empresas portuguesas reafirmam o seu compromisso com a excelência e inovação no setor.

Esta conquista reflete uma tendência de crescimento consistente ao longo dos anos. Enquanto Portugal viu a sua produção de calçado aumentar em 14,4% na última década, a produção espanhola diminuiu em 14%. Este feito é um testemunho do dinamismo e resiliência da indústria portuguesa, que continua a prosperar mesmo em face de desafios globais.

“Este é um momento de orgulho para a indústria do calçado português. Ultrapassar a Espanha e posicionar-nos como o segundo maior produtor na Europa é uma prova do nosso empenho e capacidade de inovação”, afirmou Luís Onofre, presidente da APICCAPS – Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e seus Sucedâneos.

A ascensão de Portugal no panorama europeu do calçado é ainda mais notável quando comparada com a situação em Itália, o maior produtor do continente. Embora Itália permaneça no topo, com uma produção de 162 milhões de pares em 2022, o país tem visto uma queda acentuada desde 2012. Esta tendência destaca o impulso contínuo e a competitividade crescente da indústria portuguesa.

O sucesso do setor do calçado em Portugal não é fruto do acaso, mas sim do trabalho árduo e visão estratégica. O investimento em tecnologia, inovação e design permitiu às empresas portuguesas melhorar a qualidade e eficiência dos seus produtos, ganhando reconhecimento global pela sua excelência.

Além disso, a aposta na sustentabilidade e responsabilidade social tem sido uma prioridade para muitas empresas do setor. A adoção de práticas e materiais eco-friendly não só responde às preocupações ambientais crescentes, como também atrai um público mais consciente e ético.

“A indústria do calçado em Portugal é um exemplo de resiliência e capacidade de adaptação. Estamos comprometidos em continuar a investir em inovação e sustentabilidade para manter esta trajetória de sucesso”, destacou Luís Onofre.

A presença internacional do calçado português tem sido fortalecida por participações em feiras e eventos de renome, como a Feira Micam, em Milão. Estas oportunidades têm permitido às empresas expandir as suas redes de contacto e conquistar novos mercados em todo o mundo.

O COMPETE 2020 tem desempenhado um papel fundamental neste sucesso, ao apoiar a inovação, internacionalização e desenvolvimento de competências na indústria do calçado. Com o COMPETE 2030, este apoio continuará, certamente, a impulsionar o crescimento sustentável e a competitividade do setor nos próximos anos.

A indústria do calçado em Portugal está numa trajetória ascendente e promissora. Com uma combinação de tradição, inovação e compromisso com a qualidade, o futuro deste setor parece mais brilhante do que nunca.

Consulte a newsletter 437 do COMPETE 2030 dedicada ao setor do calçado e fique a conhecer dois projetos cofinanciados pelo COMPETE 2020 que transcendem fronteiras e moldam o futuro da indústria. O Programa de Internacionalização da Fileira do Calçado, liderado pela APICAPPS, vai além das fronteiras geográficas, conectando o presente a desafios futuros, enquanto o STEP2FOOTURE, promovido pelo CTCP, emerge como um catalisador de inovação e competitividade.

Última atualização a 7 de Maio 2024

Artigos relacionados

23 de Maio 2024 Notícias

TMG Textiles vence nos iTechStyle Awards

TMG Textiles venceu nos iTechStyle Awards na categoria de melhor produto com o projeto ImpacTEX, cofinanciado pelo COMPETE 2020, destacando-se pela inovação em equipamentos de proteção para motociclismo.

A carregar...